Tudo sobre concursos públicos e concurseiros

Confirmado concurso para 2º grau em 6 estados e DF. R$2.310

O Banco do Brasil confirmou, por meio da Assessoria de Imprensa, que realizará um novo concurso público para o cargo de escriturário (nível médio) nos estados em que o cadastro de reserva será encerrado este ano. Segundo levantamento feito pela FOLHA DIRIGIDA, ainda este ano serão encerrados os cadastros do Distrito Federal e dos estados da Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, São Paulo e Tocantins.
“O Banco do Brasil tem a previsão de um novo certame para o ano de 2012 em decorrência das seleções externas que se encerrarão. Todas as seleções do banco são realizadas para formação de cadastro de reserva”, informa a nota enviada pelo banco à FOLHA DIRIGIDA.
A expectativa é de que todo o processo do novo concurso, incluindo aplicação de provas e divulgação de resultado, seja concluído até o término da validades dos concursos, de forma que o banco não fique sem um cadastro válido para poder contratar novos funcionários. Em maio serão encerrados os prazos dos concursos dos estados da Bahia, Goiás e Pará. Já em junho o do Distrito Federal, e dos estados de Tocantins e Mato Grosso do Sul e, em julho, o de São Paulo (interior e capital).
Para concorrer é necessário ter ensino médio (antigo 2º grau). A remuneração é de R$2.310,48 para uma jornada de trabalho de 30 horas semanais. Além da remuneração, o banco oferece benefícios, como participação nos lucros, plano de saúde extensivo aos dependentes, auxílio-creche e auxílio para portadores de deficiência.
Sendo assim, quem pretende participar do concurso já deve iniciar os estudos. Anteriormente, a gerente de Divisão Estratégica do banco, Taisa Elisabeth de Oliveira, já tinha confirmado a expectativa de concursos em 2012, com exclusividade à FOLHA DIRIGIDA, em 2011. Embora o concurso seja para cadastro, a instituição costuma chamar muitos aprovados durante o prazo de validade do concurso.
Último concurso – Em 2011, o BB realizou seus últimos concursos para o cargo de escriturário, foram divulgados três editais, todos organizados pela Fundação Carlos Chagas. As oportunidades foram para diversos estado. Os candidatos foram avaliados por prova objetiva, com duração de quatro horas e 80 questões, sendo 40 de Conhecimentos Básicos (Português, Atualidades, Matemática e Raciocínio Lógico) e 40 de Conhecimentos Específicos (Informática, Conhecimentos Bancários e Habilidades no Atendimento). Para ser aprovado, o candidato deveria obter, no mínimo, 40% de acertos em Conhecimentos Básicos, 50% em Conhecimentos Específicos e, ainda, 50% no conjunto das provas.
Fonte: Folha Dirigida

Merval

Sou Tecnólogo em Administração de Pequenas e Médias Empresas, ex-funcionário do Banco do Brasil e aprovado em diversos concursos públicos, entre os quais Caixa Econômica Federal (2 vezes), PRF, MTE, TRF, TJ-BA, Ebal, Professor Estado, Banco do Brasil, Embasa, Analista do Seguro Social (INSS), cargo que exerço atualmente. "Toda honra e toda a glória, atribuo ao meu pai celestial. Sem ele não há vitória"

View more posts from this author

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>